Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Um dos elementos essenciais à sobrevivência é o ferro. Ele é considerado como sendo um metal de transição está posicionado como o quarto elemento que possui maior abundância no mundo, perdendo posições apenas para o alumínio, silício e oxigênio. Este metal está presente em todas as células do nosso corpo e pode ser encontrado principalmente em folhas, cereais, grãos, leguminosas, vísceras e carnes. Ele é obtido tanto na alimentação das pessoas quanto através da degradação da hemoglobina, bem como da liberação dos estoques.

Ele possui várias funções em nosso organismo, sendo a principal delas ser parte da composição da hemoglobina, pigmento que pode ser encontrado em hemácias e é responsável por transportar o oxigênio em nosso corpo. Além disso, o ferro também desempenha grande importância na sintetização do nosso DNA, assim como no metabolismo energético. Por fim, alguns estudos apontam que este elemento também pode ajudar na conversão da vitamina a na desintoxicação do nosso fígado. A seguir, falaremos um pouco mais sobre ele e a sua importância. Portanto, continue lendo e fique por dentro de tudo que é união sobre o tema, assim como tire as possíveis dúvidas que existam acerca da importância do ferro para o corpo humano.

O que a falta de ferro pode causar?

A falta de ferro pode prejudicar bastante o nosso corpo. Inicialmente, era responsável por trazer prejuízos ao seu desenvolvimento. Quando deixamos de ingerir a quantidade recomendada é de ferro, isso pode trazer diversos problemas lógicos, o desempenho mental e até mesmo da produtividade. O ferro também pode dar início a uma doença bastante conhecida por nós, a chamada anemia. A anemia acontece quando as pessoas possuem algum tipo de deficiência nutricional, no entanto, também pode ser causada por uma absorção deficiente de ferro, por uma grande perda do seu sangue o mesmo por problemas relacionados a metabolização.

Quando as pessoas estão anêmicas, elas podem sentir alguns sintomas como fadiga, pele pálida, cansaço físico e até mesmo dificuldade na realização de qualquer tipo de trabalho físico do mesmo de concentração. A anemia também pode ocorrer graças a problemas no intestino, como é o caso da falta de apetite, da náusea, dos vômitos, das constipações e até mesmo da diarreia.

Qual a quantidade de ferro que deve ser ingerida por dia?

Antes de tudo, devemos deixar claro que o consumo de ferro em excesso pode trazer alguns problemas à saúde do ser humano. Isso porque a grande quantidade dele se relaciona principalmente com a produção de radicais livres, o que pode trazer lesões às moléculas de DNA, lipídios e proteínas. Além disso, a ingestão em excesso também pode causar uma doença chamada de hemocromatose. Essa doença responsável por fazer com que o paciente acabe absorvendo mais ferro do que ele precisa e impede a sua eliminação. Trata-se de um problema genético que pode trazer algumas sérias consequências, como doenças hormonais, insuficiência cardíaca, diabetes e até mesmo cirrose.

Assim como qualquer outro alimento ou nutriente, a quantidade de ferro a ser ingerida todos os dias deve ser o suficiente para satisfazer todas as necessidades do seu cu. É importante deixar claro, entretanto, que essa quantidade de ferro a ser ingerida por dia pode variar conforme o estado de saúde da pessoa, o seu sexo e até mesmo a sua idade. As crianças que estão em fase de crescimento geralmente precisam de uma quantidade de ferro muito maior, o mesmo serve para aquelas mulheres que estão iniciando a sua menstruação. Já os homens adultos não precisam de tanto ferro e fazer a ingestão de apenas 8 mg por dia já é o suficiente para manter o funcionamento do seu corpo adequado. Quanto à mulher que está em fase de reprodução, ela necessita do dobro dessa quantidade, ou seja, algo em torno de 16 mg de ferro ao dia. Por fim, as mulheres que estão grávidas precisam de ainda mais ferro todos os dias, sendo cerca de 27 mg por dia.

Como conseguir essa quantidade de ferro ao dia?

Grande parte das nossas refeições, como feijão, pode conter até 5 mg de ferro por 100 g. No entanto, outro alimento que, ao consumir cerca de 100 g, podemos retirar até 18 mg de ferro é o rajado. O indicado é que as pessoas consumam pelo menos 1 concha de feijão todos os dias em pelo menos 1 das suas refeições. Além do mais, essa frequência deve ser no mínimo três vezes a cada semana. Com isso, você estará ingerindo a quantidade necessária de ferro ao dia para manter as funções do seu corpo sempre em bom funcionamento.

Tenho anemia. Quanto de ferro devo consumir?

Se você sofre de anemia, saiba que é necessário a utilização de uma dose terapêutica de ferro elementar para realizar o tratamento de forma adequada. De acordo com os especialistas, é indicada a dose de cerca de 3 mg até 5 mg por quilo durante um período que seja o suficiente para a normalização dos níveis da sua hemoglobina, ou seja, durante um período que compreende de um até dois meses. Ao tomar durante dois meses essa dose, você estará restaurando todos os estoques de ferro do seu organismo e fará com que as funções normais do corpo voltem a funcionar.

Qual a melhor hora para tomar ferro?

Os especialistas recomendam a ingestão de ferro via oral em horários que sejam afastados de todas as refeições, tendo em vista que alguns alimentos podem absorver o ferro, como é o caso do café e dos chás. Logo, quando você tomar ferro e posteriormente comer algum tipo desses alimentos, a dose que foi tomada não servirá de nada, tendo em vista que os alimentos e não sequestrar o ferro e fazer com que o seu organismo não consiga absorver. No entanto, existem alguns tipos de alimentos que podem melhorar a absorção do ferro, como é o caso da laranja e mesmo da carne. Isso vai fazer com que o seu tratamento seja muito mais eficaz.

Tomar ferro pode fazer mal?

Fazer a ingestão de ferro através da suplementação pode variar de acordo com o grau da anemia ou da doença que a pessoa está sofrendo. Isso tudo deve ser feito sempre com a orientação de um médico. Em geral, a utilização de suplementos para melhorar a quantidade de ferro no organismo pode trazer alguns problemas relacionados à prisão de ventre, náuseas e até mesmo azia. No entanto, existem algumas estratégias que podem amenizar esses efeitos, portanto, esteja sempre acompanhado de um médico para fazer esse tratamento. Jamais faça ingestão de ferro sem a orientação de um profissional especializado.

É possível fazer a ingestão de ferro todos os dias?

Como dito anteriormente, a quantidade de ferro pode variar de acordo com a gravidade da doença que está sofrendo ou mesmo com a necessidade do seu corpo em relação a esse tipo de mineral. Geralmente, é recomendada a utilização da suplementação de ferro em casos de anemia que prevalece mesmo após uma dieta específica, assim como nos casos em que a uma deficiência natural de ferro no organismo do paciente. Ao fazer uso desse mineral todos os dias, isso pode acabar aumentando os níveis da sua hemoglobina, bem como as reservas de ferro do seu corpo. Isso vai fazer com que o seu desempenho físico melhore, assim como uma grande redução na fadiga sintomática que o seu corpo sente.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.