Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Você pode conquistar o tão sonhado implante dentário pelo SUS, sabia disso? Além disso, uma frase muito usada é: “o sorriso é nosso cartão de visita”, e você provavelmente já deve ter ouvido. No entanto, mesmo que seja uma frase antiga e muito usada, ela não deixa de remeter uma verdade. Mas, o cuidado com a sua saúde bucal ultrapassa e muito apenas o cuidado com a aparência.

Pois, mais importante que qualquer coisa, a saúde bucal proporciona mais facilidade ao falar, uma boa alimentação e mais segurança ao se relacionar com as pessoas. No entanto, por se tratar de uma questão que está ligada a qualidade de vida, existe no SUS soluções gratuitas para os problemas com a saúde Bucal. No entanto, a principal delas, é o implante dentário pelo SUS.

Veja também:
Aplicativos para controlar glicose
12 alimentos bons para o fígado
Comida Caseira: 5 Sugestões de Almoço para 5 dias de Trabalho

Programa Brasil Sorridente: O que é?

O programa Brasil Sorridente foi criado pelo Ministério da Saúde em março de 2004 para oferecer atendimento gratuito à saúde bucal dos brasileiros, principalmente os de baixa renda.

Assim, desde então, os serviços odontológicos são prestados pelo SUS em postos de saúde, Unidades Odontológicas Móveis (UOM), Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) e hospitais.

Nos dias atuais, o SUS oferece uma série de serviços de tratamento odontológico, incluindo:

  • Aplicação de Flúor;
  • Aparelho;
  • Biópsias;
  • Cirurgias;
  • Colocação de prótese (dentadura);
  • Exames;
  • Extrações;
  • Limpezas;
  • Periodontia especializada;
  • Restaurações;
  • Retirada de Sisos;
  • Tratamento de cáries;
  • E claro, o implante dentário.

Programa Brasil Sorridente: como funciona?

Segundo as informações oficiais do Ministério da Saúde e da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS), o Programa Brasil Sorridente é um integrante da Política Nacional de Saúde Bucal do Brasil. O programa inclui acesso a serviços odontológicos gratuitos no SUS (Sistema Único de Saúde).

Além disso, o Programa Brasil Sorridente possui Laboratórios Regionais de Prótese Dentária (LRPD) que fabrica próteses. Entretanto, é importante destacar que dentro do Programa Brasil Sorridente também existem projetos menores como:

  • Brasil Sorridente Indígena;
  • Convenção de Minamata;
  • Fluoretação das Águas de Abastecimento Público;
  • Plano Nacional para Pessoas com Deficiência;
  • Programa Saúde na Escola e outros.

Porém, todos têm o mesmo objetivo: levar saúde bucal a todos os brasileiros que têm pouco acesso à saúde no país. Pois, a saúde bucal é fundamental para a saúde geral e a qualidade de vida das pessoas.

É verdade que os implantes dentários têm importância social?

De acordo com os dados de uma pesquisa realizada por estudantes de odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), as pessoas que tiveram seus dentes restaurados, em geral, melhoraram sua qualidade de vida. Pois, quando a boca está saudável, os problemas que interferem nas atividades diárias, como comer, dormir e até namorar, desaparecem.

Nos dias atuais, o Brasil possui o maior número de dentistas do mundo. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia, existiam mais de 300 mil profissionais até 2018. Mas, isso não significa que os brasileiros tenham uma saúde bucal de qualidade.

O que acontece é justamente o contrário, uma pesquisa do Ministério da Saúde apontou que cerca de 55,6% dos brasileiros não vão ao dentista todos os anos.

Também destacou que 11% das pessoas com 18 anos ou mais perderam todos os dentes. Além disso, infelizmente, 41,5% dos brasileiros com mais de 60 anos tiveram o mesmo problema. Portanto, não há dúvidas de que esses dados demonstram a importância social das políticas públicas, como o implante dentário pelo SUS.

No passado, os brasileiros tinham um acesso muito mais limitado à saúde bucal do que acontece nos dias de hoje. Então, ir ao dentista, antes, era mais difícil. No entanto, a combinação desses dois fatores prejudicou muito os dentes e tornou necessária a principal solução que era disponibilizada pela rede pública: a extração.

Como conseguir um implante dentário pelo SUS?

Pel ofato do Programa Brasil Sorridente ser uma iniciativa do SUS, os implantes dentários estão disponíveis para qualquer pessoa gratuitamente. No entanto, os cidadãos de baixa renda detém os poderes de prioridade.

E primeiro lugar, para receber os benefícios, você deve acessar o site do Perograma Brasil Sorridente. Então, feito isso, você pode verificar se os implantes dentários já são oferecidos pelo SUS em sua região.

Portanto, caso já exista a oferta do Programa Brasil Sorridente em sua região, você pode solicitar a implantação no posto de saúde. Depois de verificar os locais mais próximos, basta usar o seu cartão SUS para solicitar este benefício.

Depois, no posto de saúde, você se inscreve para agendar sua primeira consulta. Às vezes, a ligação pode levar algum tempo, mas isso lhe dará tempo para se preparar para o implante.

Por fim, lembre-se, o SUS cobre todos os serviços dos procedimentos do Brasil Sorridente e é um direito seu!

Quem tem direito ao implante dentário pelo SUS de graça?

Não há restrições de participação no Programa Brasil Sorridente. Assim, qualquer pessoa de qualquer sexo, faixa etária e classe social pode fazer implante dentário pelo SUS gratuitamente.

Mas o público-alvo do programa é a população de baixa renda e famílias em situação de vulnerabilidade, por isso esses cidadãos são vistos como prioritários.

Quando o Programa Brasil Sorridente foi lançado, em 2004, uma pesquisa que o Ministério da Saúde divulgou, mostrou que 13% dos adolescentes nunca tinham ido ao dentista; 20% dos brasileiros perderam todos os dentes; e 45% dos brasileiros não tinham condições de ter a escova de dentes regularmente.

Desde então, milhões de brasileiros têm recebido atendimento odontológico regular.

Existe contraindicação do implante dentário?

Assim como em outras opções de tratamento, o procedimento de implante dentário não é adequando para todos. No entanto, os profissionais de saúde afirmam que pacientes com diabetes, pressão alta ou doenças crônicas precisam de atendimento médico para realizar o procedimento.

Outro ponto de preocupação são os pacientes em uso de bifosfonatos, que são usados ​​para neoplasias, doença de Paget e certos tipos de osteoporose e inibem a remodelação óssea. Então, neste caso, a instrução é não implantar.

Além disso, não existe indicação de implante dentário para crianças e adolescentes porque o ciclo de crescimento ósseo não foi concluído. Ou seja, porque o corpo ainda está em formação, podendo ocorrer alterações durante o desenvolvimento facial.

Todos sabemos que a saúde é um aspecto muito importante da higiene bucal, mas ter um sorriso bonito vai além do aspecto físico. O fato de poder sorrir livremente e comer perto de outras pessoas também é uma questão de inclusão social.

Além da oferta de serviços ortodônticos que o SUS oferece, os interessados ​​em tratamento bucal grátis também podem encontrara em universidades que ofereçam cursos odontológicos. Pois, normalmente, esses locais oferecem vários tipos de tratamento gratuito, ligue para a central de atendimento e pergunte.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.