Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Até recentemente, muitas pessoas não sabiam da existência do umami – que, junto com doce, salgado, azedo e amargo, compõem os cinco sabores básicos do paladar humano. O que nem todo mundo sabe é que o sabor desse nome enganosamente complexo está presente em alimentos comuns do dia a dia e traz muitos benefícios à saúde. Em nosso país, existem diversos alimentos com sabor umami e que são muito queridos por grande parte da população. As principais substâncias que fornecem umami são os aminoácidos ácido glutâmico e os nucleotídeos ácido inosínico e ácido guanílico.

O umami foi descoberto em 1908 por um professor e químico  Kikuyo Ikeda, e não foi reconhecido pela comunidade científica até o início dos anos 2000, quando cientistas da Universidade de Miami demonstraram a existência de receptores específicos para esse gosto na língua humana. Umami melhora o sabor dos alimentos, mantém esse gosto na boca por mais tempo e estimula a produção de saliva, o que aumenta a interação do alimento com as papilas gustativas e promove o prazer de comer.

A seguir, falaremos um pouco mais sobre esse sabor e onde ele pode ser encontrado. Sendo assim, se você quer ficar por dentro desta informação e da nossa lista com os alimentos com sabor umami, continue lendo o texto abaixo e fique por dentro de tudo que separamos sobre este tema, assim como tire todas as suas dúvidas.

O que é o umami?

O umami é uma palavra que os japoneses utilizam para definir algo que é saboroso. Trata-se do quinto sabor. Este sabor pode ser encontrado em alimentos que são ricos em aminoácidos, como é o caso da cebola, tomate, do queijo, do fruto do mar e das carnes. Ele é responsável por trazer um realce ao sabor dos alimentos, fazendo com que ele fique por mais tempo na boca da pessoa e estimule a sua produção de saliva. Assim, as papilas gustativas conseguem ter uma interação maior com os alimentos, o que promove a percepção do gosto e aumenta a sensação de prazer ao realizar uma refeição.

Este sabor é sentido principalmente na hora de perceber o ácido e o doce. É comum na indústria alimentícia utilizar um intensificador de sabor, capaz de realçar o sabor dos alimentos e fazer com que eles se tornem muito mais viciantes e agradáveis ao paladar. Isso explica o porquê das pessoas gostarem tanto de se alimentar desse tipo de comida, que embora não seja saudável, é muito mais prazeroso de ser consumido do que alimentos naturais.

Alimentos com sabor umami

Abaixo, criamos uma pequena lista de alimentos que possuem o sabor umami. Logo, para ficar por dentro desses alimentos, leia a nossa lista até o final. Selecionamos alguns alimentos que você já conhece, bem como alguns que você não imaginava que poderiam conter essa substância.

Queijos

Grande parte dos alimentos ricos em proteínas possuem este sabor. O mesmo acontece com os queijos. Qualquer tipo de queijo utilizado é capaz de proporcionar a sensação de sentir o gosto do alimento de forma acentuada, em principal, o queijo parmesão. Mesmo após você fazer a ingestão do alimento e o gosto do queijo se dissipar da sua boca, ainda será possível sentir algumas pequenas quantidades do queijo na sua língua, bem como um pequeno aumento na sua salivação. Isso significa dizer que você está presenciando o umami que está presente no queijo.

Carnes

Como dito anteriormente, grande parte dos alimentos proteicos possuem esse gosto. Ele está presente em peixes, frangos e até mesmo carnes. Com isso, ao fazer a ingestão desse tipo de alimento, você terá uma sensação acentuada da percepção do umami. Diferente do que acontece com os frangos e as carnes, no peixe, o principal responsável por aumentar a percepção dos gosto dos alimentos é uma substância conhecida como nucleotídeo inosinato.

Tomates

Grande parte dos vegetais também possuem em sua composição o umami. No entanto, o tomate é um dos vegetais onde é possível sentir este gosto de forma muito mais acentuada. um dos fatores que influenciam de forma direta na quantidade de umami que está presente no vegetal é o seu grau de maturação. Logo, quanto maior for este grau, maior será o gosto de umami percebido ao ingerir este alimento. Isso acontece devido ao fato da produção do aminoácido em comento aumenta com o passar do tempo. Sendo assim, quanto mais avermelhado for automático, mas o gosto do umami será perceptível e em maior quantidade estará presente o glutamato.

Glutamato monossódico

Aqui, temos a substância realçadora que é capaz de dar o gosto que o umami tem. O glutamato monossódico desempenha um papel fundamental na redução do cloreto de sódio, tendo em vista que apenas 1/3 dele está presente na sua composição ao fazer uma breve comparação com o chá utilizado comumente nas cozinhas do nosso país. Se você estiver fazendo preparo de um arroz ou feijão, por exemplo, é recomendada a utilização de cerca de meia colher de chá deste composto. Apenas isso já é capaz de trazer uma redução de mais de 37% do cloreto de sódio que é consumido a cada refeição.

Cogumelos

Grande parte dos cogumelos, como é o caso do champignon, shitake, shimeji e Paris são excelentes fontes de vitamina B e zinco. Eles são responsáveis por fornecer o gosto do umami através de um aminoácido conhecido como guanilato. Ao longo do dia, você poderá fazer o consumo desses cogumelos cozidos, grelhados ou até mesmo crus. Para isso, você pode fazer a sua adição em saladas, omelete, macarronadas e risotos.

Como o umami é utilizado pela indústria alimentícia?

Assim como já explicamos de forma breve anteriormente, a indústria de alimentos utiliza em suas receitas um composto chamado glutamato monossódico. Esse composto é responsável por realçar o sabor das comidas e fazer com que o gosto dos alimentos se torne mais vice antes e saborosos. Trata-se de uma substância artificial, que simula o sabor que já mencionamos ao longo deste texto, ou seja, o umami. O gosto umami pode ser encontrado de forma natural em alimentos que citamos ao longo deste texto. Ele faz com que a sensação de prazer ao se alimentar aumente e a pessoa se sinta satisfeita com a sua alimentação.

Dessa forma, quando você vai até uma rede de Fast food famosa, como aquelas que passam em comerciais de televisão, eles utilizam esses compostos para que ao comer algum dos seus hambúrgueres, as pessoas se apaixonam pelo sabor e quero uma quantidade cada vez maior desses produtos, fomentando assim o consumismo desenfreado e o surgimento de doenças relacionadas ao sobrepeso.

Sendo assim, podemos dizer que o consumo exagerado deste tipo de produto industrializado rico na substância viciante mencionado anteriormente, como é o caso do macarrão instantâneo, das sopas prontas, das comidas congeladas e até mesmo dos hambúrgueres podem causar obesidade e diversos outros problemas decorrentes desta condição crônica. Logo, tenha bastante cuidado e evite excessos.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.