Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Quem nunca deu aquela beliscadinha em uma porção de castanhas, nozes e amêndoas em uma festa, como as de fim de ano? Frutas oleaginosas muito comuns são alimentos deliciosos que são ótimos para comer a qualquer hora do dia. No entanto, seja combinado com saladas, barras de cereais ou outras receitas, esta mistura "nuts" também possui muitos nutrientes benéficos para a nossa saúde, por isso merece atenção especial. Principalmente para quem segue ou pretende seguir uma dieta cetogênica.

As sementes oleaginosas são populares em muitos cantos do mundo e ajudam a tornar qualquer preparação ou ocasião ainda mais especial e deliciosa. Além disso, esses alimentos são muito benéficos e nutritivos para nossa saúde, de acordo com a nutricionista Sheila Basso. Ela explicou: "Por serem ricas em vitaminas e minerais, calorias e antioxidantes, essas frutas ainda auxiliam no bom funcionamento do organismo. Para escolhê-las é importante levar em consideração o gosto e as características de cada uma".

Você sabe quais as melhores grãos para uma dieta cetogênica?

Os primeiros meses do ano se tratam de meses especiais para ajustes na dieta e mudanças no estilo de vida. É comum que em janeiro e fevereiro, as pessoas busquem maneiras de compensar o exagero cometido no feriado de fim de ano. As oleaginosas se tratam de uma grande aliada na alimentação de quem busca ser mais saudável e precisa emagrecer.

Portanto, castanhas, nozes e amêndoas são as mais populares e fáceis de encontrar nos supermercados. Os grãos possuem muitas propriedades de gordura, sim, mas a diferença é que é um alimento saudável que o manterá satisfeito por mais tempo. Além disso, uma dica valiosa para quem precisa emagrecer é escolher opções que possam atrasar a alimentação, como as oleaginosas.

Conheça os grãos mais indicados para uma dieta cetogênica

Os grãos são essenciais para uma alimentação equilibrada, pois, eles devem está presentes em parte da nossa base alimentar. Porque isso contribui para o bom funcionamento do organismo e uma melhor qualidade de vida.

No entanto, esses alimentos não apenas contribuem para uma boa saúde, mas também são ótimos alimentos para melhorar a digestão e a perda de peso. Veja abaixo como alguns desses itens podem agregar aos benefícios da sua dieta cetogênica:

Castanha do Pará

Esta oleaginosa popular contém níveis nem altos de ômega 3, que são benéficos para a saúde cardiovascular. Além disso, os ácidos graxos também tem capacidade de melhorar a saúde dos cabelos, unhas e pele, mantendo-os saudáveis ​​e fortalecidos.

No entanto, o maior destaque nutricional da castanha do Pará é o teor de selênio na oleaginosa. Este mineral é importante para o aprimoramento de seu sistema nervoso e para prevenção de doenças degenerativas como Alzheimer, demência, etc.

Aveia

A aveia é uma excelente fonte de fibras, minerais, vitaminas, cálcio, fósforo, erro, zinco e outras propriedades que estimulam o intestino a largar o seu estado de “preguiçoso” e o ajudam a absorver adequadamente os nutrientes que consumimos.

Esse alimento também ajuda no processamento do açúcar, além de diminuir o LDL, ou o colesterol ruim, popularmente falando. Pois, sua fibra se transforma em um gel que evita que a gordura grude nas artérias, prevenindo doenças como o câncer de intestino.

Nozes

Conhecidas em recheios de bolos e sobremesas, as nozes não são apenas deliciosas, mas também ricas em valor nutricional. As gorduras saudáveis ​​​​nas nozes ajudam a diminuir os níveis de LDL e prevenir doenças cardíacas. Esses grãos são ricos em ômega-3 e também ajudam a combater o estresse e a ansiedade.

As nozes são uma opção prática e saudável para lanchar entre as refeições. Eles podem ser incluídas em receitas como, para fazer pães, biscoitos e saladas.

Linhaça

Como outro alimento que contribui para o funcionamento normal do intestino, previne a aterosclerose, e também contribui para o bom aspecto da pele. Em sua composição, contém propriedades monoinsaturadas e poliinsaturadas, ou seja, gorduras boas, que ajudam a controlar o LDL (colesterol ruim) e são boas para a saúde do coração.

Muito utilizada em dicas de emagrecimento, a linhaça melhora o trânsito intestinal e aumenta a saciedade. Pois, sua fibra de lignana também auxilia na absorção adequada dos açúcares.

Amêndoas

As amêndoas, também conhecidas como “superalimentos”, são ricas em nutrientes que ajudam a manter o corpo saudável. Você pode encontrar em seu quadro nutricional:

  • Proteínas importantes para: todas as funções do organismo;
  • Fibra alimentar que beneficia o intestino;
  • Gorduras boas que melhoram a saúde cardiovascular e cerebral;
  • Vitaminas e minerais que equilibram o organismo e fortalecem o sistema imunológico.

Este é um grão muito rico em cálcio, magnésio e potássio. Além disso, as amêndoas são aliadas para a saúde muscular e óssea, ajudando a manter-se forte e saudável, promovendo o desenvolvimento e incentivando a prevenção da osteoporose.

Quinoa

Lugar de destaque em alimentos à base de plantas, é altamente recomendado por nutricionistas devido ao seu alto teor de nutrientes.

Além de minerais, vitaminas, fibras, proteínas, magnésio e cálcio, que possuem muita importancia para a saúde óssea. Além disso, a quinoa contém aminoácidos, metionina, lisina e triptofano, que desempenham papéis importantes para o cérebro e a memória.

Avelã

Comumente consumida no Natal e no preparo de trufas de chocolate, esta oleaginosa possui muitas propriedades de ômega 9. Que se trata de um ácido graxo com propriedades anti-inflamatórias que protegem contra diversos tipos de câncer (próstata, mama, estômago), melhoram a saúde cardiovascular e previnem a prematuridade do envelhecimento celular.

Graças ao seu alto teor de vitamina E, as avelãs podem melhorar a saúde da pele, cabelos e unhas, estimular o sistema imunológico, ajudar a aumentar a massa muscular e também promover a perda de peso de maneira natural e saudável.

Chia

As sementes de chia contêm altos níveis de vitaminas do complexo B, magnésio, zinco, cálcio, ferro, potássio, cobre e fósforo. Além disso, também são um laxante natural e sustentam a saciedade.

Suas propriedades antioxidantes tem a capacidade de reduzir a atividade dos radicais livres. Além disso, da mesma forma, é uma parte importante da dieta de pessoas com osteoporose, osteopenia ou obesidade, além de atuar na prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes.

Macadâmia

As nozes de macadâmia são ricas em nutrientes como a vitamina A, que possuem um papel importante para melhorar a saúde dos olhos e prevenir a catarata e a degeneração macular. Além disso, também auxilia na formação de colágeno na pele, o que auxilia na preservação e renovação das células. As nozes de macadâmia ainda possuem muitas propriedades de ferro, um mineral ideal para prevenir a anemia e ajudar a manter uma boa saúde.

Minerais como cálcio, zinco, potássio, cobre e magnésio também estão presentes nesta oleaginosa. Que, no entanto, tem capacidade de melhorar a função cognitiva, garantem uma boa saúde óssea e muscular e equilibram os níveis de sódio no sangue.

Amaranto

O amaranto tem um efeito muito bom sobre os radicais livres, assim como beneficia o metabolismo e o sistema imunológico. Além disso, o amaranto contém proteínas e aminoácidos de alto valor que desempenham funções essenciais para o corpo humano e se trata de um dos mais completos entre os grãos.

Adicionar esses grãos em sua alimentação diária dará sabor às suas refeições, além de proporcionar mais saúde e bem-estar. Portanto, experimente pratos e receitas diferentes e perceba que os benefícios podem ser inúmeros.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.