Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Para saber qual o melhor suplemento de reforço imunológico, uma fórmula deve conter vitaminas, minerais, aminoácidos e ativos de reforço imunológico.

A principal função deste suplemento é prevenir doenças e garantir uma maior qualidade de vida. Portanto, se quiser saber mais, continue lendo e descubra os melhores ingredientes para aumentar a imunidade!

1 - Multivitamínico

Um blend de vitaminas e minerais, este suplemento está presente tanto nas atividades diárias de praticantes de musculação quanto nas indicações médicas para pessoas que só tem de sedentarismo. Isso porque a lista de benefícios é extensa e garante a quantidade de nutrientes que seu corpo precisa diariamente para uma boa saúde. As multivitaminas são benéficas não só para a saúde dos ossos e para a condução dos impulsos nervosos, mas também para as defesas imunitárias e antioxidantes.

2 - ZMA

Este suplemento é composto por uma combinação de zinco, magnésio, crómio e vitamina B6. Essa combinação surge precisamente porque as deficiências de zinco e magnésio estão associadas à redução da tolerância ao exercício e a um sistema imunológico enfraquecido. Vários estudos apontam para uma diminuição das concentrações sanguíneas e teciduais desses nutrientes após treinamento e competição. Portanto, a suplementação com ZMA pode ser uma excelente estratégia para garantir o desempenho do sistema imunológico.

3 - Cálcio

Muitos adultos mais velhos são aconselhados a tomar suplementos de cálcio (muitas vezes combinados com vitamina D, que ajuda na absorção) para prevenir a osteoporose. Suplementos contendo magnésio são frequentemente recomendados porque você precisa de um equilíbrio entre os dois minerais para uma saúde óssea ideal.

4 - Óleo de peixe

As pessoas que praticam atividade física estão consumindo cada vez mais óleo de peixe. Isso porque o principal ativo de seus ingredientes, o ômega-3, proporciona benefícios para a recuperação pós-treino e combate aos radicais livres. As cápsulas de óleo de peixe também é uma boa opção para as pessoas que quiserem melhorar a função do sistema imunológico e combater a inflamação causada pelo exercício, além de diminuir os níveis de colesterol e promover a saúde cardiovascular.

5 - Vitamina D

Este nutriente tem vários benefícios para a saúde, como aumento da força muscular, função e equilíbrio. Isso sem contar que, alguns estudos sugerem que a vitamina D pode proteger contra vários tipos de câncer, esclerose múltipla e doença de Parson. Pode ser produzido no corpo pela ação da luz solar em contato com a pele. À medida que envelhece, sua pele sintetiza menos vitamina D, então coma alimentos ricos nessa vitamina (como peixes oleosos) ou tome suplementos.

6 - Probióticos

De acordo com estudos, aproximadamente 70% da saúde do sistema imunológico controlada pelo sistema gastrointestinal. Sendo assim, os probióticos são formados a partir de bactérias que estão naturalmente presentes no intestino humano e funcionam de maneira benéfica. Esses produtos são usados ​​para combater patógenos, proteger o corpo e auxiliar o processo digestivo..

7 - Vitamina C

A vitamina C é uma importante aliada do nosso sistema imunológico. Isso porque auxilia na ação antioxidante e ajuda a combater os radicais livres. Além disso, a vitamina C também ajuda a prevenir danos musculares decorrentes da atividade física, que muitos atletas optam por implementar.

8 - Estimoral

Stimoral é um medicamento que contém lisados ​​bacterianos em sua composição. O medicamento tem a função de estimular o sistema imunológico e proteger o organismo de infecções, principalmente no sistema respiratório – previne complicações de doenças crônicas como pneumonia, rinite, laringite, sinusite, bronquite, faringite, otite média, etc. Porém, por se tratar de um medicamento, é importante usá-lo sempre sob orientação de um médico..

9 - Ácido fólico

O ácido fólico é encontrado em feijões, laranjas (200 ml de suco = 75 mcg de ácido fólico), amêndoas, amendoins, lentilhas (1 xícara cozida = 360 mcg de ácido fólico), fermento, brócolis, grãos, espinafre, couve e todos os vegetais. (10 folhas de alface = 136 mcg de ácido fólico), soja, cogumelos, milho, castanha de caju, avelãs, tomate, ovos (1 unidade = 24 mcg de ácido fólico), leite e cerveja.

10 - Selênio

Este minério tem uma alta capacidade antioxidante, tornando-o ideal para melhorar o sistema imunológico. É possível encontrá-lo em nozes, alguns vegetais cultivados em solo rico em selênio e na carne de animais que pastam em solo rico em selênio.

11- Arginina

A arginina diz respeito a um aminoácido produzido por hidrólise ou digestão de proteínas. Além disso, ajuda a tratar condições que afetam o sistema imunológico e a pressão alta.

Estudos mostraram que um suprimento adequado de arginina é preciso para o desenvolvimento de linfócitos (células do sistema imunológico), e os anticorpos precisam disso para proliferar.

12 - Whey Protein

Este é o primeiro nome que vem à mente quando se fala em suplementos. Whey protein tem uma reputação crescente dentro e fora da academia justamente por ser uma das melhores fontes de proteína. O soro de leite rico em nutrientes também afeta a produção de anticorpos, especialmente imunoglobulinas. Pesquisas desde os anos 80 mostraram o enorme impacto que o whey protein tem no sistema imunológico e como esse alimento fornece substrato para as defesas do organismo.

13 - Vitamina A

Essa vitamina possui propriedades antioxidantes e, portanto, tem a capacidade de combater os radicais livres – substâncias em excesso que fazem com que as células envelheçam e danifiquem o organismo.

A vitamina A também é essencial para o desenvolvimento e manutenção dos tecidos superficiais do corpo, bem como para tornar o sistema imunológico mais ativo e melhorar a resistência à infecção.

14 - Lisina

Há indícios de que a deficiência de lisina na dieta pode limitar a síntese de proteínas e a proliferação de linfócitos - células do sistema imunológico, como você pode ver - enfraquecendo assim a resposta imune.

Além disso, a lisina é eficaz contra os vírus do herpes, especialmente quando combinada com a vitamina C, e auxilia no aumento da imunidade durante o processo do vírus da gripe.

15 - Extrato de própolis

Por fim, a própolis é uma substância sintetizada de forma natural pelas abelhas. Este medicamento possui propriedades antissépticas e anti-inflamatórias e pode ser usado para tratar feridas, gripes, infecções, resfriados e estimular o sistema imunológico.

O extrato de própolis está disponível em sprays, gotas e comprimidos. Você pode encontrar em farmácias e lojas especializadas em produtos naturais.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.