Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

A Marinha dos EUA desenvolveu u método de medir a gordura corporal que vem chamando atenção. Pois, para determinar a gordura corporal de uma determinada pessoa, esta técnica não precisa de nenhum equipamento, todo o que é necessário, é apenas medições de partes do corpo. E, portanto, com essas dados é possível realizar cálculos matemáticos precisos para definir o seu percentual de massa corporal.

Quem nunca se sentiu um poco mais cheio ou quem nunca teve vontade de saber o percentual de gordura do seu corpo? Então, com o método da Marinha dos EUA é possível descobrir este dado com uma certa facilidade. Veja mais informações a seguir!

O que é a fórmula de gordura corporal Marinha dos EUA?

A fórmula de gordura corporal Marinha dos EUA usa medidas corporais como já adiantamos. No entanto, embora não ofereça tanta precisão quanto outros métodos, como, por exemplo, a imersão em água, ele oferece mais praticidade e facilidade para medir em casa. O método mais preciso é medir as dobras cutâneas usando um medidor de gordura. Esses métodos levam em conta diferentes tipos de corpo através de fórmulas complexas.

O método usado ​​pela Marinha dos EUA (Departamento de Defesa dos EUA) para medir a gordura corporal em pessoal se enquadram nessa categoria. Pois, é o método usado na prática e é relativamente comum. É baseado apenas nas medidas do corpo, por isso é fácil de fazer em casa.

No entanto, este método de cálculo do percentual de gordura corporal usando uma fita métrica surgiu no Centro de Pesquisa de Saúde Naval em San Diego, Califórnia. Além disso, tem com base as medidas de altura, cintura e pescoço para homens e medidas de quadril para mulheres. É muito conhecido pelo fato de ser barato e conveniente!

Locais de dobras cutâneas de Marinha dos EUA para homens e mulheres

Até este ponto estamos falando sobre a necessidade de medir algumas partes do corpo para usar este método da Marinha dos EUA. Mas, quais os locais devem ser medidos para obter esta informação? Veja a seguir o passo a passo e as partes que devem ser medidas em homens e mulheres:

  1. Em primeiro lugar, você deve medir a sua altura;
  2. Em seguida, deve tirar a medida da circunferência da cintura. No entanto, para os homens, a medição deve ser feita em plano horizontal ao redor do umbigo. Já pata o caso das mulheres, deve se medida também a parte mais fina da cintura. sem metas estômago;
  3. Também é necessária a medição do pescoço, neste caso você deve começara a medir abaixo da laringe, com a fita um pouco dobrada para baixo na parte da frente. Além disso, você não deve tensionar o pescoço;
  4. Só para mulheres: é necessário medir também a circunferência do quadril na maior medida horizontal;
  5. Por fim, você deve digitar as medidas na fórmula u usar uma calculadora online. No entanto, a porcentagem obtida deve ser arredondada para o número inteiro mais próximo.

Como calcular pela fórmula de gordura corporal Marinha dos EUA?

Portanto, como você já deve ter medido todas as partes necessárias, conforme o passo a passo a cima, agora é o momento de usar os dados nas fórmulas. Então, confira a seguir as fórmulas disponíveis para calcular a gordura corporal segundo a Marinha dos EUA:

Para homens

% de gordura = 495/(1.0324-.19077(log(cintura-pescoço))+.15456(log(altura)))-450 (logaritmos em base 10)

Para mulheres

% de gordura = 495/(1.29579-.35004(log(cintura+quadril-pescoço))+.22100(log(altura)))-450 (logaritmos em base 10)

No entanto, após obter os resultados das fórmulas acima, é importante ter uma base dos números para entender quando está normal ou não o seu percentual de gordura. Então, compare o seu resultado com as informações a seguir:

Para homens

  • Nível de competição: 3%-6%
  • Bastante em forma: <= 9%
  • Em forma: 10%-14%
  • Média: 15%-19%
  • Abaixo da média: 20%-25%
  • Precisa de atenção: 26%-30%+

Para mulheres

  • Nível de competição: 9%-12%
  • Bastante em forma: <= 15%
  • Em forma: 16%-20%
  • Média: 21%-25%
  • Abaixo da média: 26%-30%
  • Precisa de atenção: 31%-40%+

Nota: o hormônio estrogênio, quando em mulheres, proporciona a condição que elas possuem cerca de 5% a mais de gordura corporal se comparado aos homens.

Esse tipo de monitoramento é mais preciso porque o consumo de calorias aumenta com o início da atividade física e, portanto, a perda de peso nessa fase inicial. Por exemplo, com o passar do tempo, com atividades como musculação, as medidas diminuem, mas o peso corporal fica quase estável. Porque o músculo ganho é mais pesado que a gordura, o que nos leva a pensar que os exercícios "pararam de funcionar", quando, na verdade, seu Impacto não pode ser medido apenas pela escala.

Então, usando o método do percentual de gordura, a evolução da troca de gordura muscular pode ser monitorada. Mas, deve-se ressaltar que não é a gordura que algumas pessoas pensam que se torna músculo, mas sim a perda de massa gorda, principalmente o aumento do volume muscular.

O que é gordura corporal?

A gordura corporal se trata de um tema muito complexo. No entanto, A ideia é muito simples: é a gordura armazenada no corpo. Em primeiro lugar, para realmente entender o que é gordura corporal, existe uma coisa importante a ser lembrada: a gordura corporal não se trata de uma coisa "ruim". Na verdade, o corpo precisa de uma certa quantidade para realizar funções diárias básicas, como pensar e respirar. Além disso, as gorduras também ajudam a armazenar vitaminas importantes, regulam os hormônios e mantêm o metabolismo acelerado.

Então, o que leva a gordura corporal receber uma reputação tão ruim? O motivo é óbvio, o excesso de gordura é prejudicial. No entanto, o quão perigoso é depende de muitos fatores, incluindo tipo e local de armazenamento.

Como perder gordura corporal?

A gordura corporal mais fácil de perder é a gordura do tipo visceral branca, conhecida também como gordura da barriga profunda prejudicial. Esta é geralmente a primeira coisa que desaparece durante o processo de perda de peso.

No momento em que você  ingere menos calorias do que queima, perde gordura visceral primeiro. No entanto, o motivo pela qual é mais fácil perder esta gordura é principalmente, que quando o corpo se encontra em déficit calórico, ele mobiliza o excesso de gordura para obter energia.

Então, quando você passa a queimar mais calorias do que ingere, o corpo se transforma e passa a usar o seu armazenamento de gordura para obter energia. Mas, bale notar que a gordura então deixa o corpo. Como acontece com a água através do suor ou da urina, ou como acontece  com o monóxido de carbono pelos pulmões.

A gordura subcutânea, mesmo que seja menos prejudicial à saúde, se trata de uma gordura mais teimosa e mais difícil de perder. Exercícios locais, como flexões, podem apertar os músculos abdominais, mas não necessariamente reduzem a gordura visceral.

No entanto, no momento em que você se exercita ou pratica alguma atividade física, seus músculos extraem energia do glicogênio armazenado. Então, o cardio de alta intensidade passa a queimar gordura. Porém, existe recomendação também para o treinamento de força e resistência. Pois, a construção de massa muscular em seu corpo pode ajudá-lo a queimar mais calorias e gordura e aumentar sua taxa metabólica.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.