Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Se você sofre com essa doença, fique sabendo que existe dieta para o hipotireoidismo. Alimentos como laranja, castanha-do-pará, ovos e até mesmo algas marinhas são excelentes opções para você poder incluir na sua dieta, tendo em vista que esses alimentos são capazes de fornecer nutrientes como gorduras saudáveis, antioxidantes, fibras e o iodo. Tais nutrientes desempenham um papel fundamental no funcionamento adequado da sua tireoide. Sendo assim, são imprescindíveis para quem está em busca de manter a saúde desta parte do seu corpo.

No entanto, também existem alguns alimentos que são capazes de trazer prejuízos para a sua glândula tireoide, de modo a reduzir a produção dos hormônios e causar um mau funcionamento. Entre esses alimentos, podemos citar o repolho, o nabo e o brócolis. Por ter em sua composição uma substância chamada glicosinolatos, eles acabam trazendo alguns problemas caso sejam consumidos em excesso. No texto abaixo, falaremos um pouco mais sobre a dieta para hipotireoidismo e os melhores alimentos. Logo, se você quer ficar por dentro desta e de outras informações importantes acerca da tireoide, continue a leitura do texto abaixo e fique por dentro de todas as informações que iremos tratar sobre o tema, assim como tirar qualquer dúvida que você possua.

Sobre a alimentação correta

A alimentação desempenha uma grande importância para quem deseja manter a saúde da glândula tireoide. Isso porque, como já foi dito ao longo do texto, grande parte dos problemas que essa região do corpo sofre advém de uma alimentação desregulada. Além disso, alguns alimentos podem contribuir para uma piora no funcionamento da produção de hormônios da glândula.  Sendo assim, para manter o bom funcionamento, além de criar uma boa dieta, também é necessário ter o acompanhamento de um profissional qualificado, como endocrinologista.

O endocrinologista será o responsável por fazer a indicação de medicamentos capazes de regular as funções de sua tireoide, assim como trazer uma redução para os sintomas experimentados na doença, como a pele seca, o aumento do peso e cansaço. Isso porque quem deseja manter a sua tireoide regulada deve fazer uma dieta equilibrada, utilizando alimentos que possuem em sua composição, o cobre, zinco, selênio, iodo e as fibras. Tais nutrientes são de grande importância para a manutenção do funcionamento da água dela, podendo ser encontrados em frutas secas, ovos, cereais integrais, frutos-do-mar e peixes.

Principais alimentos para quem tem problema de tireoide

As pessoas que têm problema na tireoide e necessitam de uma dieta para hipotireoidismo devem priorizar alimentos que são ricos em fibras, minerais e antioxidantes, como é o caso do cobre, do zinco, selênio e iodo. A seguir, fizemos uma pequena lista que pode ajudar as pessoas a encontrar os alimentos ideais capazes de regular o funcionamento dessa glândula, são eles:

Alimentos ricos em iodo: os principais alimentos que são ricos em iodo são o leite e seus derivados, os frutos-do-mar, o sal iodado e as algas marinhas;

Alimentos ricos em cobre: quanto aos alimentos ricos em cobre, podemos citar a aveia, amendoim, o amendoim e o cacau;

Alimentos ricos em selênio: os alimentos que possuem fontes de selênio são a castanha-do-pará, os cereais integrais, os cogumelos, os frutos-do-mar, as carnes, os ovos, entre outros;

Alimentos ricos em antioxidante: Os alimentos ricos em antioxidantes são a laranja, o abacate, o tomate, o morango, uma mão, o caju, abóbora e acerola;

Alimentos ricos em zinco: os alimentos ricos em zinco são a castanha-do-pará, castanha de caju, nozes e a carne bovina.

Em sua dieta, também é de grande importância que inclua alguns cereais integrais, como é o caso do pão integral, do arroz integral e o macarrão integral, tendo em vista que esses alimentos possuem em sua composição excelentes quantidades de fibras. As fibras desempenham um papel de aumentar a saciedade e evitar que a pessoa acabe ganhando peso.

Além do mais, também é bastante indicado que as pessoas que sofrem com algum problema na sua glândula tireoide pratica atividade física com frequência, tendo em vista que ela é capaz de melhorar o humor, a disposição mental e física, acelerar o metabolismo e prevenir o aumento de peso. Sendo assim, a prática de exercícios pode contribuir para uma melhora não só na água do hormonal, como também em todos os setores da sua vida.

Quais são os alimentos que devem ser evitados?

Determinados alimentos podem trazer um aumento no peso da pessoa, o que prejudica ainda mais a produção dos hormônios pela tireoide. Logo, é de grande importância que você evite comer tais alimentos. A seguir, fizemos alguma lista desses alimentos que devem ser evitados a todo custo se você deseja manter a saúde da sua quando ou regular o seu funcionamento:

Alimentos com muito açúcar: alguns alimentos que são ricos em açúcar podem ser muito prejudiciais à saúde da glândula, como é o caso dos biscoitos, do sorvete, de refrigerantes, de doces e bolos;

Alimentos industrializados: os alimentos industrializados como salgadinhos de pacote, fast food, temperos prontos, molhos, margarina e até mesmo a carne defumada podem ser prejudiciais a tireoide. Logo, é indicado que você evite consumir esse tipo de alimento em excesso;

Derivados da soja: ações e seus derivados, como óleo de soja, tempero, tofu e leite de soja são bastante prejudiciais às pessoas que estão sofrendo com a baixa produção de hormônios da tireoide. Sendo assim, também é indicado que você evite consumir esse tipo de alimento;

Alimentos ricos em glicosinolatos: A couve de Bruxelas, couve-flor, rabanete, nabo, repolho, brócolis e couve repolho são ricos nessa foto de nutrientes. Logo, é indicado também que você evite fazer o consumo deles;

Cereais refinados: os cereais refinados como arroz branco, macarrão branco e pão branco também podem aumentar o risco de ganhar peso e prejudicar as funções da sua glândula.

É interessante deixar claro também que ao consumir esses alimentos, não existe a necessidade de remover os de veja sua dieta. O que é indicado para quem tem problemas na tireoide é o consumo em excesso de todos os alimentos que foram citados na lista anterior. Sendo assim, não há necessidade de exclusão, mas sim, de um consumo consciente desses alimentos.

Pessoas com hipotireoidismo engordam com facilidade?

Um dos problemas causados por quem sofre com esse tipo de problema é justamente uma redução na velocidade do seu metabolismo. Essa redução pode fazer com que a pessoa ganhe peso com mais facilidade. Logo, as pessoas que sofrem com ela realmente tem mais facilidade em ganhar peso. Entretanto, é interessante destacar que o sobrepeso ou mesmo a obesidade não costuma ser causada por essa doença. Isso porque ela é responsável por trazer um aumento que varia de dois até quatro quilos. Logo, qualquer relato de sobrepeso ou de obesidade não tem relação com o hipotireoidismo.

Se este for o seu caso, fique sabendo que é bastante provável que a raiz da causa do aumento repentino de peso que o seu corpo enfrentou pode vir de outros problemas. Logo, é recomendado procurar um médico e fazer uma consulta para saber mais sobre as possíveis causas da obesidade ou do sobrepeso que você está enfrentando. Com isso, é possível ter um diagnóstico preciso e um direcionamento adequado das ações necessárias à resolução deste problema

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.