Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

Para entender como melhorar a fertilidade, é necessário esclarecer que a fertilidade é definida como a capacidade de se reproduzir, a capacidade natural de um indivíduo de produzir uma gravidez por meios naturais (coito). Depende de muitos fatores, que não estão relacionados apenas aos problemas físicos do sistema reprodutor masculino e feminino, mas também aos aspectos psicológicos, estilo de vida e qualidade de vida do indivíduo.

Nesse sentido, a fertilidade também é amplamente influenciada pelos hábitos alimentares e escolhas nutricionais de homens e mulheres. Dessa forma, fazer alguns ajustes na dieta e no estilo de vida de todos pode ajudar a melhorar a fertilidade.

O que significa aumentar a fertilidade?

Aumentar a fertilidade significa encontrar maneiras de aumentar suas chances de conceber naturalmente, porque as chances de um casal engravidar naturalmente são baixas: cerca de 15 a 20% de cada ciclo menstrual para as mulheres.

Além disso, um casal é considerado fértil se conseguir engravidar através de relações sexuais dentro de 12 meses sem o uso de contracepção. Nesse sentido, pesquisas mostram que, na ausência de problemas de fertilidade, cerca de 70% dos casais concebem nos primeiros 6 meses de tentativas e 85% desses casais concebem até o final do ano. Se isso não acontecer, ou seja, quando o casal não consegue conceber após um ano de tentativas, então a infertilidade está presente e deve ser investigada. Dependendo da causa da infertilidade masculina e/ou feminina, um especialista em medicina reprodutiva humana pode avaliar o melhor tratamento.

Como saber se tenho problemas de fertilidade?

Para saber se há algum problema de fertilidade, tanto homens quanto mulheres podem fazer um teste de fertilidade, que é uma avaliação médica completa para verificar e monitorar o potencial reprodutivo.

As pessoas estão acostumadas a fazer um check-up geral de saúde todos os anos, mas poucas pessoas sabem a importância de fazer um check-up de fertilidade. Por isso, é importante monitorar o potencial reprodutivo masculino e feminino desde cedo, mesmo que ter filhos seja um plano futuro. Para esse fim, avaliações regulares podem evitar problemas, descobrir condições tratáveis ​​e ajudar os pacientes a planejar o momento em que decidem se tornar pais.

Confira 8 maneiras de aumentar sua fertilidade

Ao pensar em formas de melhorar a fertilidade, hábitos diários inadequados e certas substâncias do ambiente podem prejudicar muito o processo de fertilização.

Então, se você está tentando engravidar naturalmente e já sabe que não tem problemas de infertilidade, saiba que existem algumas dicas práticas para ajudar a aumentar sua fertilidade. Aqui estão dicas simples para mudar hábitos que podem ajudá-lo a engravidar mais rápido.

1. Mantenha um peso saudável

O peso afeta diretamente a fertilidade. Dessa forma, as mulheres que estão abaixo ou acima do peso saudável correm maior risco de conceber, pois estar acima ou abaixo do peso pode desequilibrar os hormônios que interferem na ovulação.

Portanto, manter um peso saudável ajuda a regular a ovulação, o que, por sua vez, ajuda a melhorar a fertilidade.

Nos homens, o peso afeta a contagem e a qualidade do esperma. Nesse sentido, pesquisas mostram uma relação entre obesidade e produção insuficiente de espermatozóides. Muita gordura corporal tende a interferir nos hormônios reprodutivos, o que pode prejudicar a fertilização do óvulo.

2. Prevenção de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis)

As DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) colocam em risco não apenas a saúde geral, mas também a fertilidade masculina e feminina. Gonorreia e clamídia são algumas das doenças que podem causar infertilidade. Para se proteger, certifique-se de usar camisinha ao fazer sexo.

3. Reduza o consumo de café e álcool.

Muito café ou álcool pode prejudicar as mulheres que estão tentando engravidar. Portanto, beber 500 mg de cafeína por dia, o equivalente a 5 xícaras de café, pode levar à diminuição da fertilidade. Idealmente, mantenha a ingestão de cafeína moderada, em torno de 200 mg por dia.

Além disso, homens e mulheres que estão tentando engravidar também devem beber álcool com cautela. Pesquisas científicas descobriram que as mulheres que bebem duas ou mais doses de bebidas alcoólicas por dia têm um risco aumentado de infertilidade, o que pode levar a distúrbios de ovulação. Nos homens, o consumo excessivo de álcool está associado à diminuição do volume de testosterona e sêmen. Também pode levar à impotência; portanto, as bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação.

4. Não fume

O hábito de fumar pode ter um grande impacto na fertilidade. Nesse sentido, em mulheres que fumam, o cigarro afeta a receptividade do útero, reduzindo assim a probabilidade de gravidez. Fumar também aumenta o risco de aborto devido a gravidezes naturais e tecnologias de reprodução assistida.

Nos homens, o tabaco duplica a quantidade de radicais livres, reduz a contagem e a mobilidade dos espermatozóides e aumenta o risco de anomalias espermáticas e defeitos genéticos no embrião. Em outras palavras, fumar é inimigo da saúde e da fertilidade.

5. Reduza o estresse

A ansiedade e o estresse intenso podem causar alterações hormonais que afetam a produção de óvulos e espermatozóides saudáveis, prejudicando a fertilidade tanto em mulheres quanto em homens. Portanto, é importante encontrar maneiras de gerenciar o estresse, como meditação, técnicas de atenção plena, respiração profunda e outras atividades de relaxamento. Nesse sentido, a prática regular de exercícios também é essencial porque, além de trazer benefícios à saúde (como a perda de peso), também ajuda a regular os hormônios e a melhorar a motilidade dos espermatozoides.

Nas mulheres, a atividade física também é boa para a ovulação, mas vale ressaltar: a atividade física excessiva pode levar a distúrbios menstruais e à produção de grandes quantidades de radicais livres que interferem na qualidade das células. Por isso, o segredo é manter a rotina de exercícios, mas não exagere.

6. Evite toxinas

Produtos químicos como pesticidas, chumbo e solventes orgânicos podem causar infertilidade masculina e feminina.

Nesse sentido, as mulheres expostas a certas toxinas e solventes, como os usados ​​em impressão, lavagem a seco, cabeleireira e certas indústrias, podem reduzir sua fertilidade. A exposição a pesticidas também é uma preocupação para os trabalhadores agrícolas, pois podem levar à redução da fertilidade.

7. Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada

A dieta tem um impacto muito maior na fertilidade do que imaginamos. Portanto, se você deseja aumentar sua fertilidade e melhorar suas chances de conceber, tente comer alimentos que ajudem seus hormônios sexuais a funcionar adequadamente e estimulem a maturação dos óvulos e a qualidade do esperma, como frutas, legumes, nozes, castanhas e peixes.

Esses alimentos são poderosos antioxidantes e anti-inflamatórios, ricos em vitaminas e minerais como vitamina E, vitamina C, complexo B, zinco e ômega 3, e são ótimos para casais.

Recomenda-se também evitar frituras, salsichas e alguns peixes como salmão, atum, que podem conter metais pesados ​​e atuar como desreguladores endócrinos, interferindo na função hormonal.

É imperativo manter-se bem hidratado em todos os momentos, bebendo pelo menos oito copos de água por dia. Isso ajudará a manter uma boa atividade metabólica.

8. Tenha uma boa noite de sono

A quantidade e a qualidade do sono são fatores importantes para melhorar a fertilidade. Nesse sentido, o hormônio do sono melatonina tem efeito antioxidante e é essencial para o processo reprodutivo. Equilibra a ação dos radicais livres e aumenta a maturidade e a qualidade do óvulo, facilitando assim a fertilização.

Os padrões de sono de um homem também podem afetar sua capacidade de ter filhos, pois o sono está ligado à produção de hormônios. O tempo de descanso está diretamente relacionado aos níveis de testosterona nos homens e sua subsequente capacidade de fertilizar.

Como aumentar minhas chances de engravidar naturalmente?

Alguns casais têm uma gravidez bem sucedida nas primeiras tentativas, outros passam meses tentando sem sucesso. Mesmo que a família já tenha outros filhos, tentar e esperar engravidar pode ser muito desgastante. Nesse sentido, existem alguns fatores e cuidados simples que podem ajudar a melhorar a fertilidade conjugal.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.