Nutrição simples e prática para seu dia a dia.

A tília é uma planta medicinal, também reconhecida como tilha, teja, tejo ou texa. Amplamente usada para tratar uma série de problemas de saúde, incluindo indigestão, ansiedade, dores de cabeça e diarreia.

Aliás, mesmo que a tília seja uma planta nativa da Europa! Ela pode ser vista em todo o mundo usando três espécies principais, a Tília cordata mais comum, a tília x vulgaris e a tília platyphyllos.

Essa planta medicinal é relativamente simples de achar e vem em embalagens com flores e folhas secas em mercados e lojas de produtos naturais. Como uma mistura ou uma espécie das três.

Ficou interessado em saber mais a respeito da tília? Caso sua resposta seja sim! Continue a leitura deste artigo para saber a respeito dos benefícios do chá de tília e entre outras informações. Tenha uma boa leitura!

Como utilizar a tília?

A forma mais popular de usar a tília é por meio do chá feito de suas flores e folhas secas. Mais, a planta pode também ser usada na culinária para dar sabor a certos pratos.

Como realizar o chá de tília

Adicione 1,5 g de flores e folhas secas de tília a 150 ml de água fervente, tape e deixe repousar durante 5 a 10 minutos. Em seguida, coe, deixe esfriar e beba 2 a 4 vezes ao dia. Para crianças de 4 a 12 anos, recomenda-se reduzir a quantidade de tília para 1 grama por 150 ml de água fervente.

Os benefícios do chá de tília

Com base em algumas pesquisas, a tília aparenta haver alguns benefícios certificados. Por isso, pode ser usada para:

Preveni contra o câncer

Além de suas propriedades antioxidantes (protegendo as células de muitos tipos de danos), a tília mostrou efeitos seletivos em certas células tumorais. Fazendo com que elas morram sem afetar as células saudáveis. No entanto, esse efeito está ligado ao seu rico conteúdo em escopoletina.

Tília protege a saúde do coração

A planta combate a inflamação e promove a desintoxicação do organismo, o que é bom para a saúde cardiovascular. Aliás, devido às suas características anti inflamatórias, pode suprimir o aumento da pressão arterial e ajudar a controlar o colesterol.

Fígado e vesícula biliar

Exames americanos apontaram que a casca da tília é útil no tratamento de doenças da vesícula biliar e do fígado.

Remove infecções por fungos

Mesmo que, seja uma propriedade vegetal pouco familiar. De acordo com uma pesquisa com 41 espécies de plantas, a tília tem propriedades antifúngicas contra muitos tipos de fungos. E pode ser usada como suplemento no tratamento de certas infecções fúngicas.

Imunidade fortalecida

Também devido a suas propriedades anti inflamatórias, fortalece o efeito protetor do sistema imunológico. Em outras palavras, previne a baixa imunidade. Pois, também é uma planta rica em antioxidantes, como os flavonóides. Como resultado, seu gasto dificulta também o envelhecimento precoce para combater os radicais livres (responsáveis por meio do estresse oxidativo).

Prevenir a obesidade e excesso de peso

Além das enzimas que ajustam a absorção de glicose, a tília parece também impedir a ação da lipase pancreática, outra enzima culpada por meio da absorção de gordura. Por isso, o uso da tília ajuda a reduzir a absorção de gorduras alimentares que são eventualmente excretadas nas fezes e auxilia no controle de peso.

Combate sintomas da gripe

Tem propriedades adstringentes e anti inflamatórias e auxilia no combate dos sinais do resfriado e gripe, como tosse, congestão nasal, febre, dor de cabeça e dores no corpo.

Aplicação tópica

Estudos mostraram que o uso de tília na parte inferior da perna pode ajudar a tratar inchaço e infecções. Mas, este benefício precisa ser melhor embasado.

Diminui a glicose no sangue

De acordo com as pesquisas feitas com a tília, a planta aparenta ser apto para regular os níveis de açúcar no sangue e ajudar a tratar o diabetes.

Aliás, a grande parte deste resultado tem a ver com a inibição da alfa glicosidase. Uma enzima encontrada no intestino que ajuda a absorver a glicose dos alimentos na corrente sanguínea.

No entanto, a tília proíbe outra enzima, a alfa amilase, que está presente no trato digestivo e também é responsável por digerir os carboidratos. E converter eles em açúcares simples que podem ser sorvidos.

Tília melhora o humor

A planta tem também propriedades antidepressivas e sedativas, combatendo assim os sintomas de depressão, estresse e ansiedade. Também previne a insônia e melhora a qualidade do sono.

Combate radicais livres

Devido o ato dos antioxidantes, os radicais livres, substâncias malignas que causam doenças crônicas, são eliminados. Além disso, estes antioxidantes ajudam também a proteger a pele do envelhecimento prematuro.

Ajudar a acalmar o estômago

O mérito da tília de quietar o estômago é vista desde a antiguidade. E, mesmo que não haja mecanismo exclusivo para provar este efeito. Pode estar relacionado aos seus efeitos sedativos e anti inflamatórios leves.

Controla a ansiedade

Este é o principal benefício para a saúde da tília. As propriedades calmantes desta planta podem reduzir a ansiedade e o estresse mental. Aliás, o chá de tília é muito bom para aqueles que sofrem de estresse crônico e mudanças de humor.

Elimina a retenção de líquidos

Próximo ao efeito diaforético da tília no suor, a planta também parece elevar a produção de urina, fazendo um forte efeito diurético. No entanto, quando isso acontece, o exagero de líquido é drenado do corpo, prevenindo e tratando a detenção de líquidos.

Reduz a pressão arterial

Mesmo que, o mecanismo de ação da tília na pressão arterial não seja claro. Algumas pesquisas observaram uma eficácia direto entre o uso de chá de tília e a diminuição da pressão arterial. Principalmente, a pressão sistólica.

Ajuda na digestão

A tília é usada sobretudo para simplificar a digestão e ajudar a tratar problemas e doenças que podem comprometer a saúde do estômago e o processo digestivo. Assim, suas propriedades medicinais podem aliviar a prisão de ventre (constipação) e o inchaço do estômago, o chá relaxa os músculos do intestino, facilitando assim o trânsito intestinal.

Aliviar a febre

Um dos benefícios mais populares do chá de tília é sua capacidade de elevar a transpiração e ajudar a regular a febre no caso de resfriados e gripes. De acordo com algumas pesquisas, esta eficácia, visto como efeito diaforético, se deve à presença de substâncias como o ácido cumarínico, a quercetina e o canferol, que impulsionam a formação de suor.

Observação

Apesar de todos estes benefícios, sempre indicamos consultar seu médico para se manter saudável e evitar problemas mais graves. No entanto, também é bom sempre analisar bem antes de usar qualquer planta como remédio fitoterápico.

Há profissionais especificados em fitoterapia que podem ou não instruir o consumo das plantas. Mas tudo é combinado com o tratamento médico. No que diz respeito à tília, não é recomendada para mulheres grávidas e lactantes, bem como para pessoas com doenças cardíacas.

Pois, é um pouco tóxica para o coração. Do mesmo modo, adolescentes e crianças menores de 18 anos vão ter que evitar o uso sem consentimento médico. E aqueles em uso de medicação contínua vão ter que evitá-lo, para que a planta não reduza seus efeitos.

Possíveis efeitos colaterais

A tília é uma planta muito segura, então os efeitos colaterais são raros. Mas, algumas pessoas parecem ser mais sensíveis às flores de tília e podem apresentar sintomas de alergia, como coriza, coceira na pele e espirros.

Você se inscreveu com sucesso em Nutricionando
Bem-vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Verifique seu e-mail para obter o link mágico para entrar.